[ editar artigo]

Habitado

Habitado

Aonde quer que eu vá

Você vai comigo

Enchendo o meu pensamento

Você vive!

 

De manhã quando eu acordo

Ou de noite ao me deitar

Você vive!

 

no cheiro do meu quarto

no gosto da comida

nas bordas do meu prato

nas cores da avenida

 

Como pode alguém ficar

Tanto tempo em outro alguém?

O que eu posso explicar

É que você me faz tão bem!

 

Aonde quer que eu vá

Você vai comigo

Embarcando em meu pensamento

E me provocando

 

A alegria

O entusiasmo

A ansiedade

O bem-estar

 

Aonde quer que eu vá 

Será sempre assim

Você já mora em mim

 

 

Jadson de Medeiros

Ler conteúdo completo
Indicados para você