[ editar artigo]

Filha do Axé

Filha do Axé

o coração palpita
o corpo treme
e a voz berra

andanças que me fazem pisar por lugares em que nunca me imaginei estar
me encontro

os velhos sábios me contam histórias
meu ventre chora
minha mãe se mostra me fazendo canções 
eu danço em volta dela 
eu danço pra ela

é só energia do bem que se mostra e que nessa áurea toca

agora sei que no meu habitat de luz e amor seu ponto cantado aos ventos não me cabe mais.


 

EternizArte
Luanda vieira
Luanda vieira Seguir

Sou mulher Preta, professora em formação de língua portuguesa, produção textual e literaturas pela URFJ. Sou também escritora, poeta e cronista. Baseio minha escrita em minhas vivências, dito muitas vezes como poesia identidade.

Ler conteúdo completo
Indicados para você