[ editar artigo]

Felicidade que entristece

Felicidade que entristece

O remédio que me cura 
É o mesmo vírus que me adoece 
O elixir que me regenera 
Também é a espada que me fere 

Como é possível que a razão de viver,
Seja a causa da morte?

O anjo da guarda 
Que está me protegendo
É o mesmo demônio 
Que estou combatendo
 
Não sei se mato ou se morro...

Um tudo que é nada 
Benção amaldiçoada 
O deus que me salva 
É o mesmo diabo que me mata 

Como é possivel que o paraíso,
Seja o disfarce do inferno?

Essa felicidade me entristece
Esse jeito de amar enrique e padece
Talvez a abundância seja a distância
Lágrimas que choro pra mim
São sorrisos que entrego para ti

Como é possivel que a maior felicidade 
Seja acompanhada da maior tristeza? 

EternizArte
Thacy Mendes
Thacy Mendes Seguir

Leitora, cinéfila e escritora. Apaixonada pela arte ♥

Ler conteúdo completo
Indicados para você