[ editar artigo]

FAZER AMOR

 

 

Ninguém faz o amor

Faz-se o movimento

Jamais o sentimento

Não lapidamos a dor

De qualquer dissabor

Para em detrimento

De sutis abstrações

Sentir com cimento

E fabricar emoções

 

Ninguém faz uma fé,

Não se forja uma flor

Ou se edifica uma cor.

Amor um ato nunca é

Isso jamais teria nexo.

O amor é legitimador

O coito só seu reflexo.

Pretende “fazer” amor?

Contente-se com sexo.

#Poesia #Concurso #Eternizarte

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você