[ editar artigo]

Far-se-á

Far-se-á

Restou as paredes desnudas
sem as ensoberbadas mãos de Romance
sem os quadros de um aconchegante refúgio

As cores quentes
não mais aquecem
não mais reverberam afeto


O piso
está árido
desértico


arenoso



A arredia cama que persistiu
nada além de uma Tumba


Abido
uma porta encouraçada
para com chamares amigáveis.




Far-se-á
Solitude

Ler conteúdo completo
Indicados para você