[ editar artigo]

Expressão!

Expressão!

 

Não sou cego, nem mudo
penso, raciocino, escrevo meus pensamentos
minhas divagações, verso aquilo que atiça,
que inflama as minhas pupilas
chamando a minha atenção, divago, fantasio,
invento, fujo da realidade... mas tenho os pés no chão
Por tudo o que me destes... a inquietação
é o supra-sumo de tudo... liberto assim os sentimentos
Nas noites noites de insônia... a lua brilha
as estrelas cintilam, são as minhas guias
minha loucura... aquele desejo, todas as alucinações
Obrigado, obrigado, sim agradeço cada instante
Por todas aquelas tão doces, tão plenas
mesmo que breves emoções
Assim é a vida que passa, se deixarmos seguir
não vivemos os fragmentos, nem ousamos 
transcendemos as tentações...
Amor, paixão... intensidade é o meu refrão
(DiCello, 27/08/2020)

 

EternizArte
Marcelo Fouquet Rosembrock
Marcelo Fouquet Rosembrock Seguir

Poeta, viajante, observador, amante do belo, romântico por natureza, intensidade sempre foi a minha essência. Escrevo com alma, com coração cada um dos meus poemas. Assim sou eu... uns gostam, outros atiram pedras, mas quando escrevo, sinto leveza!

Ler conteúdo completo
Indicados para você