[ editar artigo]

Estrela que se apaga

Estrela que se apaga

 

Quando era pura a sua natureza

Planeta Terra, foste como estrela!

Que se destaca no céu, flamejante

Porém seu brilho dura por instantes

 

Pois mecanizado pela ambição

O ser-humano se faz surdo e cego

E como máquina de demolição

Vai destruindo tudo que é belo

 

Tamanha é a insensatez humana

Hasteando a bandeira da cobiça

A natureza em desespero clama:

 

“Com a minha morte não haverá mais vida!”

Se no universo outrora ela brilhava

Agora a Terra é estrela que se apaga...

 

#Poesia #Concurso #Eternizarte

 

Por: Lorena Hintz

Imagem: meramente ilustrativa/ internet

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você