[ editar artigo]

Esmero

Esmero

Observo, atentamente,

aquele marceneiro,

com um único pensamento em mente:

ele trata a madeira com esmero.

 

O respeito que cultua

àquele pedaço de madeira,

que um dia foi frondosa Imbuia.

 

Usando suas ferramentas,

modela com criatividade.

Respeitando a longevidade

daquela que sobreviveu às tormentas.

 

Resistiu, bravamente, ao tempo.

Entretanto, tombou para o vilão mais impiedoso.

Assim, sem consentimento, tornar-se-á móvel lustroso.

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você