[ editar artigo]

Enterro

Enterro

Coloca-nos em um pesadelo,

No mais profundo desespero

Sem nenhum apelo,

Cada terra jogada no túmulo

É um adeus de um coração em luto

Dito entre e sussurros e soluços,

As lágrimas amargas derramadas

Entre as coroas de flores

Molham a terra e expõem todas as dores,

Enquanto o caixão desce

Rezamos todas as preces

Para que a dor que sentimos

Tenha pelo menos um alívio

Neste momento

Que tanto nos entristece.

EternizArte
Keth Braz
Keth Braz Seguir

Escrevo poesia desde 14 anos. Sou apenas uma poeta que externiza através das palavras as inquietações que sopram dentro de mim.

Ler conteúdo completo
Indicados para você