[ editar artigo]

Desconfigurado

Já não tenho mais o 

sorriso de

antes

Nem mesmo aquela vontade,

que me inspi-

rava,

instigava,

Animava.

 

Não Tenho mais aquele olhar

sereno

e tranquilo,

atento,

dedicado.

 

Não me procure 

nos pensamentos

anteriores.

Nem nos amores.

Nem nas dores, 

ou

nos horrores.

 

Não me pergunte o motivo das lágrimas

amargas

ou 

das inquietações,

das aflições.

 

Não me procure em mim,

não me veja

assim.

Estou tão desconfigurado

tão perdido

de mim

 

 

TAGS

poesia

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você