[ editar artigo]

Dama Etérea

Dama Etérea

Substância etérea

de “carne” e luz,

porque és etérea

teu ser reluz.

Tua carne é santa,

teu olhar seduz.

Porque és etérea,

teu ser transluz.

 

Meu sonhar traduz...

És tão etérea

que és inexistente.

És sonho etérea...

És luzir transparente,

que me ilumina e vibra

e que me abala a fibra,

porque és etérea.

 

Por seres etérea,

também és eterna

como o devir eterno

ao conhecer deveras

de um ser mortal:

eu – material –

de você: ideal.

De você etérea.

 

Se não fosses etérea

não me serias anjo.

Me serias peso,

me serias degredo,

mas és-me encanto.

És-me etérea

e por isso mesmo

teu ser me induz

 

a amar-te mais

do que a amaria

se não fosses sonho,

se não fosses ideal,

se fosses apenas matéria,

se não fosses etérea,

mas porque és,

tens minha devoção.

 

Figura etérea

de amor emérito,

não me dás crédito,

é por isso que a amo 

e és amada,

porque és alta - inalcançável;

porque és casta...

porque és etérea.

 

Lair Lira

EternizArte
Janderson Lira da Silva
Janderson Lira da Silva Seguir

Janderson Lira da Silva (Lair Lira) nasceu em 02 de abril de 1993 em Manaus, capital do estado do Amazonas. Amante das letras, atualmente cursa Licenciatura em Filosofia pelo Centro Universitário Leonardo Da Vinci - UNIASSELVI.

Ler conteúdo completo
Indicados para você