[ editar artigo]

CRÔNICA: LENDAS URBANAS

CRÔNICA: LENDAS URBANAS

Quem nunca ouviu falar de lendas urbanas ou vivenciou algumas delas?

Sou dos anos 80 o auge das lendas urbanas, como a gangue dos palhaços, loira do banheiro, a faca dentro do fofão.

Gangue dos palhaços

Minha terra em Osasco, foi um dos cenários das maiores lendas urbanas do país, a gangue dos palhaços.

Na cidade o que se dizia era que uma gangue de palhaços em uma perua azul, sequestravam crianças para roubar órgãos.

O pânico era imenso, crianças na época quando via uma perua saia correndo, não importa se era azul ou não, causava um pânico.

Juravam que haviam vistos palhaços, boatos de que uma criança sumiu ali, outra aqui, até uma perua abandonada localizaram. O jornal da época, Notícias Populares, colocava mais lenha na fogueira, vendendo jornais como se vende água no deserto.

Loira do Banheiro

Havia também a lenda da loira do Banheiro, por aqui precisava entrar no banheiro, dar a descarga três vezes, falar três palavrões e chutar a porta três vezes, o medo da criança aqui de ir ao banheiro sozinho.

Estudei em uma escola, que uma menina jurava ter visto a loira do banheiro, acharam ela desmaiada lá dentro.

Dentre diversos casos, houve uma capa do Notícias Populares, que a loira havia feito a primeira vítima fatal em Osasco, essa capa é fácil de encontrar em uma rápida pesquisa na internet, não usamos aqui por causa de direitos autorais.

A faca dentro do “Fofão”

Havia também a faca que ficava dentro do palhaço fofão, eu tinha esse fofão, será que foi por isso que cortei a mão uma vez com ele?

Fiquei com raiva depois disso e joguei fora.

Tem várias outras lendas, destaquei essas três que fizeram parte de minha infância e com certeza de muitas outras pessoas.

Qual a sua lenda?

EternizArte
Adriano Soares da silva
Adriano Soares da silva Seguir

Sou formado em comunicação, meu hobbie é escrever. Atualmente trabalho com assessoria de imprensa, redator web voluntário de um site.

Ler conteúdo completo
Indicados para você