[ editar artigo]

Chora Palhaço

Chora Palhaço

CHORA PALHAÇO! 

 

O palhaço também chora quando não consegue esconder sua dor, 

Chora quando perde seu grande amor, 

Quando no rosto da criança rola uma lágrima sofredora. 

 

O palhaço também chora quando sua alma é presa, 

Chora quando sua liberdade de expressão esta em clausura, 

Quando o silêncio é sua companhia. 

 

O palhaço chora também quando a luz do picadeiro se apaga, 

Chora quando o circo vai embora deixando para trás sorrisos sinceros, 

Quando de frente ao espelho volta à ser homem. 

 

Chora palhaço, chora. Que mal tem nisso? 

Assim como nos alegras com suas graças, 

Nos entristeces ao vermos em sua face uma lágrima rolar, 

Pois mais triste ainda, é ver um palhaço sem sorrir, 

Triste a chorar. 

Gibson J. de Santana  - Poeta da Vida 

Ler conteúdo completo
Indicados para você