[ editar artigo]

CHAMARIZES

CHAMARIZES

CHAMARIZES

Olhos, lábios, espáduas, nuca e seios...
Eu necessito ver para querer
Quanto me tens tentado m'esconder,
Fazendo-te valer de ambíguos meios:

Deixas transparecer a olhos alheios
A pele que desnudas sem saber.
E a beleza, promessa do prazer,
Bem pouco faz de mim e meus anseios.

Mas se estás me chamando para amar,
Arrisco-me n'um flerte demorado,
Que deslumbrante finges ignorar.

E, como se estivesse enfeitiçado,
Eu sentia o teu corpo me chamar
Para toda uma vida do teu lado.

Betim - 24 10 2020

EternizArte
Ricardo CUNHA
Ricardo CUNHA Seguir

Escrevo. Gosto de escrever. Se sou escritor ou poeta, eu deixo para o leitor ponderar. https://medium.com/@arqt.ricardoc

Ler conteúdo completo
Indicados para você