[ editar artigo]

CASO ARQUIVADO

...DESCOBRI QUE

NÃO GOSTAS MAIS DE MIM
E ESTA MINHA CARA TRANCADA
NÃO É DE FOME NÃO;

É RAIVA DE VOCÊ
É RAIVA DE NÃO TE TER...

MEUS OLHOS SABEM
O SER DUM DROGADO
E NISTO TE TENS APROVEITADO
MEUS SORRISOS BEBEM...

POR AÍ A QUEM VIVE
SORRINDO D'EMBRIAGO
SE FOSTE... É CRISE
SE FOI... MEU ABRIGO;

"NÃO ACREDITO QUE NÃO
ACREDITAS QU'EU ACREDITO
NO QUE TU NÃO ACREDITAS
QUE ACREDITAS "

POR OUTRO LADO...
NÃO VEJO O QUE ANTES
VÍAMOS OS DOIS COM
NOSSOS TENROS OLHOS FECHADOS!

É INJUSTO SER JUSTO
COM UMA JUSTIÇA INJUSTA
DEPILASTE MEUS SENTIMENTOS
MINHA DOR NÃO TEM RECOMPENSA...

TE FOSTE E PRONTOS...
E MOLHO MEUS PRANTOS
E NÃO HÁ PRATOS
QUE ME MATEM FOME DE TANTOS...

AMORES QUE TE AMEI
NO MAR, NA AREIA
NAQUELE MEU QUARTO
AS VINTE E QUATRO...

ÉRAMOS NÓS OS QUATRO
EU,TU O AMOR E A FELICIDADE...
MAS AINDA ASSIM
HAJA VINHO PARA TI...😒😒😒

não posso puder
o que por sensatez não posso
não posso querer
o que não me quer querer;

há sentimentos
que fabricam espermatozóides!!!😢😢

EternizArte
António Andrade
António Andrade Seguir

EU SOU O QUE SOU QUANDO SOU O QUE SOU... Autor/escritor/poeta e declamador

Ler conteúdo completo
Indicados para você