[ editar artigo]

Caça e caçador

Caça e caçador

 

Você foge de mim como gazela assustada

e de nada adianta eu ter o poder de um leão.

Minha selva resulta toda inapropriada.

Acabo então nas grades de um zoológico.

 

Você foge de mim como coelha brava

e de nada adianta eu ter os olhos de lince.

Minha floresta vira apenas terra escrava.

Acabo então sufocado em um atoleiro.

 

Você foge de mim como raposa astuta

e de nada adianta eu ter o faro de perdigueiro.

Minha mata termina pobre e sem fruta.

Acabo então esquecido em uma armadilha.

 

Você foge de mim como mulher de sonho

e de nada adianta eu ter a vontade de herói.

Minha vida perde o viço forte e risonho.

Sem você já não me encontro mais: acabo.

 

 #Poesia #Concurso #Eternizarte

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você