[ editar artigo]

Balé, entre Relâmpagos

Balé, entre Relâmpagos

  Á pele embranquecida pelo aterramento do corpo,guardada em em um ataúde de lei,
retornarei,....ao repouso da Estrela Diurna.
Sairei com meu longo vestido branco,meu véu "prometido" e, minhas lindas flores sortidas.
 


 

Senhora Fantasma
me traga um sonho
escandaloso
pecaminoso

o desejo do qual minha Alma
ainda perece


se escandaliza

aonde a carne
não se envergonhe de si

Senhora Fantasma
destile
sonhos monótonos
mesquinhos
provincianos

assopre em meu repousar
malícia


aonde
todas elas usem
meu nome
em vestimenta
em toques promíscuos

meu nome
associado ao pecado aceito
ao perdão do querer

Senhora Fantasma
me empreste sua imaginação
e eu
lhe empresto a sensação da carne


Senhora Fantasma
 

Ler conteúdo completo
Indicados para você