[ editar artigo]

ATITUDE UNIVERSAL

ATITUDE UNIVERSAL

Quando a doença passar,

Quando a pandemia parar de falar,

Fiquemos mais em casa,

Invistamos em nossa casa,

No nosso sistema de saúde,

No nosso campo de produção agrícola,

Nas nossas indústrias

E no nosso mercado interno.

 

Quando a doença passar,

Quando a pandemia parar de falar,

Fiquemos mais em casa,

Abracemos mais os nossos filhos,

Cuidemos dos próximos,

Enalteçamos mais os nossos Pais e Avós,

Protejamos mais as nossas relações amorosas,

Cuidemos dos animais,

E reguemos cada vez mais a planta familiar.

 

Exacto!

Quando a doença passar,

Quando a pandemia parar de falar,

Valorizemos mais os professores,

Os médicos e enfermeiros,

Remuneremos mais os nossos operários,

Camponeses, sapateiros e alfaiates.

Exaltemos os trabalhadores do mundo todo.

E com seriedade,

Quando a doença passar,

Quando a pandemia parar de falar,

Reflitamos mais sobre os políticos.

 

E convido ao mundo todo,

A vigia-los cada vez mais,

A exigi-los cada vez mais,

Para que as estradas existam,

Para que a divisa circule,

Para que as leis sejam justas e cegas.

 

Por que os políticos não devem sentir conforto

Por cima do desconforto de um povo,

Quando falta pão,

Quando falta saúde,

Quando falta paz,

Quando falta amor,

E quando falta transparência na gestão do bem público.

 

Rui Catoma

Moçambique

29-04-2020

 

TAGS

poema

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você