[ editar artigo]

ATIRE A PRIMEIRA PEDRA

Logo Ali... ATIRE A PRIMEIRA PEDRA
Um dedo apontado 
Um sonho largado
Um olhar de ódio e fúria 
Julgamentos e celas 
Abertas a espera de mais
Um
Dois dedos apontados
Um estupro de ideias 
Uma agressão coletiva 
Mais uma pessoa ferida
LARGADA
Um fim...
Só queria ser amada ao 
Lado do seu amor
Não sabia como sair do
Casulo que a vida tão ardilosa
Colocou
Mais um coração despedaçado 
Mais um amor roubado
Sem chance de sentir o seu
Frescor 
Era apenas passos sonhados
Apenas um coração que batia 
Assim como seu 
Só um sangue que seguia pelo corpo
Assim como o seu
Os dentes?
Eram expostos em sorrisos francos
Mais seus ideais 
Sua estupidez grotesca pois naquele
Lábio um silêncio eterno 
Não cabe mais primaveras e verões 
Naquele corpo cheio de vida 
Pelo menos tinha até que você 
Ouviu o comando:
ATIRE A PRIMEIRA PEDRA!
Você atirou mesmo tendo a vida 
Mais podre que a devasidão 
Das ruas. 
Regina Alves
.

TAGS

Homofobia

Ler conteúdo completo
Indicados para você