[ editar artigo]

Enamoradas: Adversas, mas Conectas

Enamoradas: Adversas, mas Conectas

Somos opostos que se atraem,

Que tentam esconder o que sentem

Mesmo negando e mentindo descaradamente

Desejamos uma à outra loucamente,

O corpo fala sem a boca articular uma palavra,

A paixão é forte e descarada,

A troca de olhares faz ambos os corações dispararem

Fingimos normalidade, mas sabemos de toda verdade,

Que esse amor é real e que podemos viver essa felicidade,

Não por sermos as metades,

Mas sim inteiras dispostas a enfrentar a lesbofobia da sociedade,

Eu como a água invado seus pensamentos,

Enchendo de vida o desejo reprimido por dentro,

E você como areia foge entre meus dedos,

Mesmo suspirando de anseios,

Somos dois elementos que não se misturam na matéria,

Porém separados sofrem a escassez do amor na miséria

Dois espíritos em evolução diferente,

Mesmo negando aspiram-se, amam-se desesperadamente.

 

EternizArte
Keth Braz
Keth Braz Seguir

Escrevo poesia desde 14 anos. Sou apenas uma poeta que externiza através das palavras as inquietações que sopram dentro de mim.

Ler conteúdo completo
Indicados para você