[ editar artigo]

A Realidade, é de sua Imaginação

A Realidade, é de sua Imaginação

Sensação primária ,de apenas um atípico declínio da perda do real.  
A química Liberação ,da meretriz dos pensamentos,
O neural,de videntes lunáticos.

Descolamento- retina da lógica.

Povoam a audição;
a temperatura corporal,

...meus passos.

Relance  de minha certeza mental-inquietam o prudente viver.
Espelho sem o eu reflexo,turvo e conturbada alternação da imagem.

Despersonalizam-me.

 

Caminhar, contado com a respiração de ambos.


Epiderme glacial em um abafado corredor sem brisa.


Sopro ao ouvido ,que equipara ao quente ambiente, antes não sentido.

Ardilosos.

De suplicas;
"cambram-me"(*cambrar).


 


Afetivos,Materiais,físicos ou Mentais.


Quaisquer que sejam,à medida da etária de meu eu contado,com um rebuscado empenho de minha parte,ideais convergem ou divergem ,em uma velocidade dos dias ,horas.


Hora o desejo,outrora ,uma desistência.

 

Alguns supridos, com o simples acordar.

Que se torna insatisfatório ,sem alguma conquista em determinado tempo.

Pequena,mas ainda necessária.


Não seria o bastante,somente ter a viva consciência?

Ou não,somos feitos da substância êxito?


Cada dia ,sou apresentado a mim.Novas manias,novas razões.
Alteridade.
"Interdependo",de um amanhã esperar,para continuar outrossim.


Variável.


Transmuto no decorrido tempo,ou me completo nele?


Ainda serei o mesmo, após esse crepuscular?

Estou preparado, para o eu mesmo do amanhã?

 


..serei, cada vez mais eu,até o escondido tempo dado me deixar completar a incompleta alma chance?


Cada dia,uma conhecida surpresa desconhecida

 

 

A TEORIA DO AMANHÃ...

A TEORIA DO AMANHÃ.!!

Ler conteúdo completo
Indicados para você