[ editar artigo]

A praga é você

A praga é você

Você diz que as pragas

das abelhas infestam meus jardins,

e diz que não suporta ver as lagartas

enroladas em seus casulos nas copas de minhas plantas;

 

Você diz que odeia os espinhos de minha roseira amarela,

e que meu cravo branco é coisa de morto...

A praga é você, meu bem;

 

Que não tem jardins para que

a natureza venha e se acomode

Só tem tijolos enfileirados como um belo ornamento;

 

e um chão tão duro que rasga a pele ao mero tropeço.

A praga é você, meu bem;

que perde dos olhos a beleza sincera.

EternizArte
Bianca Blauth
Bianca Blauth Seguir

Alguém cujo jardim ainda está florescendo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você