[ editar artigo]

A Pandemia e o Amor

A Pandemia e o Amor

Foi necessário um medo global para aproximar as famílias.

Quem diria, o que fez aproximar foi uma pandemia.

Hoje sabemos que temos filhos e mães,

Pais e netos, e agora com esse decreto...

Os que estão dentro não podem sair,

Terão bastante tempo para refletir:

Porque nascemos e crescemos,

E afinal porque morremos?

Não fiquemos loucos com o isolamento,

Que aproveitemos todo momento,

Para amar e nos ajudar.

E quando a tempestade passar,

Que esse sentimento não possa acabar.

E que a única coisa que esfrie seja o vento lá fora.

Não mais os nossos corações a cada hora.

Que passe logo essa epidemia que nos mata,

E logo possamos matar a saudade que nos esmaga.

E que fique registrado:

Para curar qualquer sofrimento ou dor,

Muitas doses do melhor remédio,

O amor.

 

#Poesia #Concurso #Eternizarte

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você