[ editar artigo]

A Adega das Lembranças

A Adega das Lembranças

 



O Tempo,não tem apreço á vaidade ou a orgulho algum.
Em algum momento,o Presente,não terá mais laços sentimentais tão fortes com o passado.Ele será corrompido pelo desgaste da memória;
e do descolir de um passado esperançoso;em uma mente que ainda era"jovem".

Agora,não mais.

Talvez,a uma respeitosa carícia afetiva,a um amor parental,permaneçam em um longínquo tempo;guardados."Conservados".


BOAS EMOÇÕES!


Mas,como em um negativo de um filme antigo,há partes faltando....Não há mais alguns trechos.
As lembrança das partes ruins,"sonolentas",ficarão a seu critério,ao seu repor
.Então,por complemento próprio,é viável,prudente e normal,
á sua substituição em inigualáveis comparações;de um tempo melhor e feliz.

Como aquela casa,que em suas memória,era maior.

Aquela rua de antigamente,...era mais larga ou figurava algo especial em você.
Creio eu,em minha imaginação que aceita mágicas e situações vistas em filmes,que,com o passar das décadas,não foram apenas as lembranças
ou as vivências que mudaram;
...Mas,as pessoas das quais existiam no Mundo,juntamente conosco na época.

Os comportamentos,os aprendizados que ainda estavam em
caracterização ou desenvolvimento;"o Universo que estava em um momento diferente",as Estrelas que viviam seu singular ensejo.


NÃO SEI.!


MAS,uma série de fatores,...não somente ao nosso redor vivido ,que compõem uma época.
Eram..., Todos os momentos alheios,interligados ao nosso.
Talvez...TENHO CERTEZA,que momentos...,ainda são feitos para ser eternos.

Mas,irreconstituível como ás vividas cotidianamente no passado.
Mas,com o avanço da Tecnologia,podemos,"tirar alguns véus"..,de incertezas ou dúvidas "de época".O que a nossa mente,não entendia ou não
visionava.
Reviver, o que pensávamos ou achávamos entender.


Isso,é o que o Futuro,trás de melhor.Poder guardar um passado enorme,...em bolsos ou em telas que se inovam a cada dia.
É como:...:poder ver os acontecimentos anteriores,em um caldeirão mágico.
Ou descer na Adega,e degustar o já experienciado.
As compotas,não são mais doces,...ou talvez,sempre serão;

...no querer interior.

Ler conteúdo completo
Indicados para você